Buscar
  • Dra. Maria Laura Malzoni

O risco das QUEIMADURAS SOLARES no verão!

A queimadura solar é o dano causado à pele pela exposição solar excessiva e desprotegida.

Quando repetidamente, a queimadura solar aumenta o risco de outros danos à pele, como envelhecimento precoce e desenvolvimento do câncer de pele como o melanoma, por exemplo.

A radiação mais relacionada à queimadura solar é o raio ultravioleta do tipo B (UVB), que incide na Terra com mais facilidade durante os horários das 9 às 16 horas, por isso a recomendação de se evitar a exposição solar direta nesses horários.



Os raios UVB são absorvidos pela pele, causando vermelhidão, ardência e inchaço, dependendo do grau de inflamação chegando a quadros de dor intensa e bolhas na pele.

As pessoas de pele muito clara, olhos e cabelos claros e crianças são os mais predispostos a apresentarem queimaduras solares. Porém, cabe salientar que aqueles que tem a pele naturalmente mais bronzeada não devem dispensar o protetor solar! Apesar de menos frequente nas peles morenas, os quadros de queimaduras solares podem acometer qualquer pessoa!




E quais são os cuidados recomendados?

Evitar exposições solares diretas nos períodos das 9 às 16 horas (pico de incidência dos raios UVB no Brasil)

Usar protetor solar de fator de proteção solar 30 ou mais, reaplicado a cada 3horas e sempre que sair do banho de mar ou piscina

Usar proteção física: roupas, boné, chapéu, óculos de sol e guarda-sol

Se a queimadura ocorrer, resfrie a pele com banhos e compressas frias no local

Mantenha-se sempre hidratado para repor os líquidos perdidos pela transpiração, a fim de minimizar os sintomas de insolação.




Divirta-se e lembre-se: não arrisque sua pele!


Um beijo,

Maria Laura

CREMESP 150.280 / RQE 55.431

#queimadurasolar #cuidadoscomapele #protetorsolar #dermatologia #dermatologistasbd #peleperfeita #pelebonita


FONTE:

https://www.ufrgs.br/telessauders/noticias/queimaduras-solares/

43 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo