Buscar
  • Dra. Maria Laura Malzoni

Por que o MELASMA piora depois da ida à praia?

“Doutora, eu até fui à praia, mas passei protetor solar FPS 99, reapliquei várias vezes, usei chapéu, fiquei debaixo do guarda-sol, mas MESMO ASSIM o meu melasma piorou...” - e aquela carinha triste de quem não entendeu o porquê.


Pois bem, vamos entender alguns “porquês”?


1. A radiação solar sofre reflexão pela areia e outras superfícies e, mesmo que você esteja debaixo do guarda-sol, ela pode te atingir;


2. A radiação infravermelha, percebida na forma de calor, também pode ser um fator de piora das manchas – e inclusive pode causar queimaduras!


3. A produção da melanina - pigmento que confere cor à pele - depende do MSH - hormônio estimulante dos melanócitos. Ele é secretado pela hipófise (cérebro), após estímulos como: exposição solar, aumento de radicais livres e quantidade de luz do ambiente. Isso ocorre independentemente de a exposição ser direta na face!


4. Há o "bronzeamento imediato", relacionado à exposição UVA e LUZ VISÍVEL, pode acontecer até 10 horas após a exposição solar. Isso ocorre pela liberação imediata de pigmento já produzido, que apenas estava armazenado nos melanócitos - piora quase instantânea da mancha!


Mas e agora, tenho melasma: não posso nunca mais ir à praia ou piscina?!

CLARO QUE PODE! MASS devemos saber que tudo isso tem grandes chances de acontecer! Então, proteja-se ao máximo, mantenha a rotina de cuidados que o seu Dermatologista te indicou e o quanto antes retorne aos procedimentos no consultório, a fim de minimizar esses danos! (#peelingquímico #microagulhamento #laserelektra)


Marque aqui a sua amiga que sofreu com a piora do melasma e merece saber todas essas informações!

Um beijo

Dra. Laura Malzoni

CRMSP150280/RQE55431


42 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo