Buscar
  • Dra. Maria Laura Malzoni

Carboidratos: mocinhos ou vilões?

Hoje iremos falar sobre CARBOIDRATOS!

Mas calma! Não vamos demonizá-lo, nem algo do gênero...nem estamos aqui para isso, certo?!

Vamos apenas abordar alguns prejuízos, a LONGO PRAZO, dos EXCESSOS de carboidratos REFINADOS, INDUSTRIALIZADOS e ULTRAPROCESSADOS. Ok?!



Afinal de contas, a maioria dos excessos não costumam ser benéficos, a não ser que seja excesso de AMOR! (risos)

Então, vamos lá! Dietas SEM excessos de carboidratos REFINADOS e alimentos ULTRAPROCESSADOS, associadas a alto aporte de vegetais frescos ajudam a manter os níveis de açúcar estáveis no sangue. E porque isso é importante para a PELE?

1. Altos níveis de açúcar no sangue, a longo prazo, podem originar o que chamamos de “RESISTÊNCIA À INSULINA”, levando à produção de mais e mais insulina pelo corpo. Altos níveis de insulina podem sensibilizar doenças inflamatórias da pele (como ACNE e ROSÁCEA, por exemplo – devido a receptores “insulina-like” na pele, que são hiperestimulados nesses casos).

2. Além disso, níveis constantemente elevados de açúcar no sangue ACELERAM um processo chamado GLICAÇÃO – que é capaz de desnaturar algumas proteínas do nosso corpo (antes do tempo esperado).

3. A glicação das proteínas na pele está muito relacionada com alterações dos padrões de OLEOSIDADE da pele; ENVELHECIMENTO PRECOCE (malformações do novo colágeno com perda da elasticidade e renovação celular prejudicada)

4. Por fim, a glicação também é capaz de induzir a MORTE PRECOCE dos fibroblastos, células responsáveis por manter a matriz da nossa pele saudável. Dessa forma, a pele fica mais propensa a FLACIDEZ, perda de LUMINOSIDADE e DENSIDADE.



LEMBRANDO que, se você se encaixa nesses padrões de dietas com EXCESSOS de carboidratos refinados e industrializados, e gostaria de mudar isso, a saúde da sua PELE agradece!! Caso tenha dúvidas ou dificuldades no caminho, lembre-se que você sempre pode consultar um NUTRÓLOGO ou um NUTRICIONISTA para te auxiliar nesse processo! Sucessos!



#dermatologiaintegrativa #integrativedermatology #dermatologiacomamor #medicinacomamor #medicinaintegrativa #dermatologiasbd #dermatologistasbd #dermatologiasorocaba #dermatologistasorocaba #dietaeapele #peleealimentação #peleecarboidrato #lowcarbandskin #lowcarbepele #dermatologialowcarb

Fonte: Integrative Dermatolg; Norman, Robert A. (2014)

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo